Implantação de memorando eletrônico gera economia em Ribeirão Grande

Publicado em 22 de fevereiro de 2018

Medida evita desperdício de papel e melhora a comunicação entre os departamentos municipais

Desde o fim de 2017, o Departamento de Governo e Infraestrutura (DGI) de Ribeirão Grande, comandado pelo servidor Wilson Grillo, implantou um novo sistema de memorando eletrônico na Municipalidade e que já atende todos os departamentos e repartições municipais. Esse novo sistema realiza a comunicação oficial interna entre a Administração Municipal.

Além disso, o novo sistema facilitou e melhorou o trâmite e o arquivamento de documentos. Outro ponto positivo do programa está relacionado à questão econômica. “Com essa medida adotada pela Prefeitura, economizamos nas impressões em papel e geramos um trabalho sustentável e que melhora o ranking da cidade em programas ambientais”, relatou Grillo.

De acordo com a prefeita Eliana Santos Silva, “a utilização de meios eletrônicos modernos para facilitar os trabalhos da Prefeitura aliado à redução de despesas com menos uso de papel é uma mostra de nosso esforço de aprimorar sempre e cada vez mais a administração pública local com sustentabilidade. Cumprimento os gestores que tomaram a iniciativa de levar mais este projeto à frente, já nos mostrando seus excelentes resultados”, falou.

Já a vice-prefeita Rosenilda Preta, afirma que “a implantação deste sistema não só evita o desperdício de papel, mas também aproximou os departamentos, encurtando os prazos de tramitação, em que algumas solicitações que levavam 5 dias para serem completadas agora são concluídas em um único dia. Isto demonstra que estamos valorizando um dos princípios da administração pública que é a eficiência”, ressaltou.

Wilson Grillo reafirmou ainda que o sistema está sendo um sucesso nas comunicações da administração municipal. “O sistema de comunicação permitiu a documentação e salvaguarda da informação, bem como o trâmite ágil dos processos de comunicação, através do conceito de modernidade da gestão documental”, finalizou.

VOLTAR