Parque Estadual Intervales

Publicado em 19 de abril de 2017

Histórico
Criado pelo Decreto Estadual nº 40.135/1995 de 08 de junho de 1995, o Parque Estadual Intervales, pertence ao sistema de Unidades de Conservação do Estado de São Paulo e até recentemente era o único parque gerido pela Fundação Florestal.

Localizado na área núcleo do Contínuo Ecológico de Paranapiacaba, o parque protege, junto com o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), o Parque Estadual Carlos Botelho, o Parque Estadual Nascentes do Paranapanema, a Estação Ecológica de Xitué, a APA dos Quilombos do Médio Ribeira e parte da APA da Serra do Mar, o segundo e mais importante corredor ecológico de Mata Atlântica do Estado de São Paulo.

As unidades de conservação que compõem o contínuo ecológico foram declaradas “áreas piloto da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Este grande remanescente se situa nos municípios de São Miguel Arcanjo, Capão Bonito, Ribeirão Grande, Guapiara, Tapiraí, Iporanga, Sete Barras, Apiaí e Eldorado.

Dada à importância desse Contínuo, o território foi tombado em 1985 pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e declarado Reserva da Biosfera da Mata Atlântica em 1991. Em 1999 foi reconhecido pela UNESCO como Sítio do Patrimônio Mundial Natural.

Sobre o Parque

Criado pelo Decreto Estadual nº 40.135/1995 de 08 de junho de 1995, o Parque Estadual Intervales, pertence ao sistema de Unidades de Conservação do Estado de São Paulo e até recentemente era o único parque gerido pela Fundação Florestal.

Localizado na área núcleo do Contínuo Ecológico de Paranapiacaba, o parque protege, junto com o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), o Parque Estadual Carlos Botelho, o Parque Estadual Nascentes do Paranapanema, a Estação Ecológica de Xitué, a APA dos Quilombos do Médio Ribeira e parte da APA da Serra do Mar, o segundo e mais importante corredor ecológico de Mata Atlântica do Estado de São Paulo.

As unidades de conservação que compõem o contínuo ecológico foram declaradas “áreas piloto da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Este grande remanescente se situa nos municípios de São Miguel Arcanjo, Capão Bonito, Ribeirão Grande, Guapiara, Tapiraí, Iporanga, Sete Barras, Apiaí e Eldorado.

Dada à importância desse Contínuo, o território foi tombado em 1985 pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e declarado Reserva da Biosfera da Mata Atlântica em 1991. Em 1999 foi reconhecido pela UNESCO como Sítio do Patrimônio Mundial Natural.

Sobre a Região
Localizada em um dos mais importantes sítios arqueológicos de São Paulo e em uma região que figura entre as mais antigas da história da colonização do País, a área em foco, há pouco mais de 20 anos, está sob a guarda direta do Governo do Estado, por meio da Fundação Florestal, com vistas à proteção e preservação dessa rica porção de biodiversidade que constitui o Parque Estadual Intervales.

Essa região, em tempos remotos, ganhou fama pelo ouro de aluvião que brotava de seus cursos d´água e ainda hoje, no entorno e no interior de Intervales, encontram-se resquícios dos “encanados, estruturas de pedras construídas à época dos bandeirantes para facilitar a extração de tal riqueza.

Informações Gerais

Área

41.704,27 hectares hectares

Bioma

Floresta Ombrófila Densa. Na zona de amortecimento ocorrem a Floresta Estacional Semidecidual e elementos de Floresta Ombrifla Mista

Localização

Ribeirão Grande/SP – 270 km de São Paulo

Mais Informações

a) Sede Administrativa:
Dias e horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo das 8h às 17h.
E-mail: [email protected]
Telefones para informação: (15) 3542-1511 / (15) 3542-1245
Endereço: Estrada Municipal km 25 – Ribeirão Grande/SP.  CEP 18315-000
Gestor: Thiago Conforti

b) Visitação:
Dias e horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo das 8 h às 17 h. Até as 18 h no horário de verão.
Visitas às cavernas ocorrem de terça-feira a domingo das 8h às 15h. Em feriados prolongados, as cavernas podem ser visitadas as segundas-feiras, permanecendo fechadas no dia subsequente.
Com exceção das trilhas autoguiadas, todas as demais trilhas do parque devem ser visitadas com o acompanhamento dos monitores ambientais do Parque.
c) Hospedagem:
 Dias e horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo das 8 h às 20 h.
Intervales possui 3 pousadas, com cerca de 70 leitos no total. As reservas e agendamentos podem ser feitos pelo telefone (15) 3542 1511 ou pelo e-mail: [email protected]

Ingresso R$ 13,00 por pessoa

Crianças de até 12 anos, adultos com mais de 60 e pessoas com deficiência também não pagam. Estudantes pagam meia entrada, mediante apresentação de documento.

VOLTAR